segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Epilogo


5 anos depois ...

Eu me sentia feliz e completamente plena em minha vida. Trabalhando e casada com o amor da minha vida.

Ao olhar para estes anos que eu passei ao lado do meu marido ou até mesmo no tempo em que não estivemos juntos, eu sinto que tudo que eu passei foi extremamente necessário para eu crescer tanto pessoalmente como profissionalmente.

Os anos de faculdade foram dificeis, principalmente o ano em que eu estive longe dele.

No primeiro ano de faculdade foi o pior de todos eles, eu e o Zac estavamos a maior parte das vezes brigados por causa dos caras que davam emcima de mim, das vádias que o rodavam por ele fazer parte da equipe principal de basquetboll da faculdade e claro por causa da incompatiblidade de horarios.

Na maior parte das vezes que conseguiamos estar juntos em nosso apartamento sem que um dos nos estivesse dormindo o Zac usava para me questionar sobre algum dos caras que se sentava comigo na hora do almoço enquanto ele estava treinando.

Como ele fazia parte da equipe e as lideres de torcida são umas vadias, ele acabava sabendo das coisas antes que eu podesse tomar o avanço para lhe contar.

Ficamos 1 ano separados, nos evitando e tentando seguir as nossas vidas da melhor maneira que podiamos. Ainda moravamos no mesmo apartamente, mas eu fazia questão de me trancar no quarto antes mesmo dele chegar.

Mas nas férias entre um ano e outro acabamos novamente nos aproximando, conversamos sobre nossas inseguranças e acabamos voltando para a faculdade noivos.

Sim noivos. Ele disse que era a unica maneira que nos tinhamos de nos firmar sem aquelas inseguranças todas que nós tinhamos.

Depois de terminarmos nossas faculdades e cada um conseguir se firmar no mundo real, finalmente nos casamos. Ou seja cinco meses depois dele ter entrado na equipe e eu entrado numa editora para poder tomar meu caminho.

Zac faz parte de uma das equipas profissinais de basquetbol da liga principal. Já eu abri uma pequena empresa depois de um ano de casado, com a ajuda do meu marido, que agora estava crescendo e conseguindo contas super importantes com escritores de renome!

Filhos? Bom esse é o assunto principal a ser trata essa noite no jantar junto com o meu marido.

Eu acabei de descobrir que estou gravida de dois meses. Agora eu podia dizer que minha familia estava começando a ser construida, mesmo que eu e o Zac tivessemos posto em primeiro lugar nossas carreiras profissionais nós nunca chegamos a evitar ou a nos proteger para que eu não engravida-se.

Pelas palavras do meu marido. O que será será!

E não é que ele está certo?

Cheguei ao nosso apartamento no centro da cidade de Nova Iorque e coloquei todas as minhas coisas no chão perto, tirando meus sapatos de salto alto e soltando meu cabelo que estava preso em um coque bagunçado.

De onde eu estava podia ouvir perfeitamente o som da televisão da sala funcionando enquanto meu marido resmungava alguma coisa sozinho. Ri baixinho e me encaminhei para lá, o encontrando usando somente uma calça jeans e de peito nu.

- Boa noite amor. – Cumprimentei-o sentando em seu colo fazendo com que ele tira-se os olhos da televisão e me olhasse com aquele lindo sorriso que sempre fazia minhas pernas fraquejarem.

- Boa noite meu anjo. – Ele susssurou enfiando o rosto no meio da bagunça dos meus cabelos, cheirando a minha pele. – Estava com saudades de você deusa. – Um arrepio desceu pela a minha espinha me fazendo arfar baixinho.

Ele havia passado uma semana fora devido á sua viagem ao Kansas para um dos jogos mais importantes da tempurada.
Normalmente eu acompanhava as suas viagens, mas eu tinha duas reuniões importantes e não pode fazendo com que eu e ele tivessemos que ficar tempo demais separados.

- Eu também estou com saudades meu amor. – Sussurei agarrando seu cabelo o puxando para mim colando nossas bocas.
Era incrivel como com o passar dos anos o nosso fogo só tinha tendencia a aumentar, assim como o amor e a complicidade.

Devido á profissão dele nós tinhamos nossos rosto em qualquer capa de revista sempre que havia algo novo para ser falado. Normalmente as coisas que falavam eram más.

Tipo como : “ Zac Efron apanhado com melhor amiga da sua mulher em um jantar romantico” – Nota eu estava nesse jantar juntamente com o noivo da Ashley minha amiga e socia na editora.

“ Zac Efron e Vanessa Efron entraram com o pedido de divorcio” – Nota nós estavamos indo ao advogado por causa da compra de uma pequena casa de campo.

“ Zac Efron e sua esposa vistos brigando em restaurante na baixa” – Nota agente estava simplesmente jantando quando eu sem querer tropecei e acabei caindo nos braços do meu marido.

E por ai vai. Não era facil ter que lidar com toda essa merda que eles inventavam só para vender, mas depois de eu ter mandando um comunicado oficial para uma das revistas mais importantes e respeitadas do país, as coisas acalmaram.

[...]

Eu me sentia nervosa. Depois do jantar o Zac havia se enfiado dentro da sala denovo para rever as fitas do jogo contra a equipe do Kansas antes de se vir deitar, me deixando sozinha por alguns minutos.

Mesmo que eu não goste quando ele faz isso eu preciso desses minutos para poder pensar em como irei dizer ao Zac que estou gravida. Eu estava com impressão que ele ia pirar, depois desmaiar ou até mesmo morrer de ataque cardiaco privando o mundo do seu talento para o jogo.

Merda merda merda eu vou eloquecer!

- Amor? – Pulei de susto quando a voz tensa e desconfiada do Zac chegou a mim me fazendo virar em sua direção.

Ele estava usando somente sua box preta agora enquanto estava parado na porta do banheiro olhando para mim desconfiado.

- Sim? – Sussurei remexendo meu corpo tentando a todo o custo acalmar meu coração que mais parecia uma boate sambista.

- Está tudo bem? Ficou calada o jantar todo, mal tocou na comida e nem reclamou por eu ter ido ver a fita do jogo novamente. – Ele se sentou na cama completamente ereto enquanto olhava para mim.

Era agora.

Respire fundo e me ajoelhei á sua frente olhando dentro dos seus olhos, tentando a todo o custo me acalmar.

- Agente precisa conversa. – Sussurei o vendo arregalar os olhos me mostrando seu medo repentino. Foda-se essa frase não deveria assusta-lo!

Ele engoliu em seco e não desgrudou os olhos dos meus por um segundo sequer enquanto eu não falava.

- Então .. – Pingariei baixinho respirando profundamente pelo nariz e peguei em suas mãos que estavam fechadas como dois punhos enormes de aço. – Aconteceu uma coisa muito importante hoje. – Sussurei sem retirar meus olhos dos seus enquanto via seus olhos ficarem marejados e tristes.

- Você conheceu alguém não foi? Eu sabia que minha profissão ia afastar agente, mas porra Vanessa eu te amo você não pode me deixar. – Ele sussurou dolorosamente enquanto suas lágrimas caiam me deixando confusa.

Olhei completamente confusa para o rosto dele enquanto ele pegava meu rosto em suas mãos, distribuindo beijos repetidas vezes por ele.

Espera eu fiz o que?

Me separei das suas mãos e olhei em sua direção sentindo uma vontade quase louca de esbofatear o rosto bonito do meu marido para ver se ele acordava de uma vez por todas.

- Espera espera eu conheci alguém? Tá maluco? Bebeu demais ao jantar só pode! Fumou maconha estragada!? – Perguntei batendo em sua nuca o fazendo estremecer de dor.

- Ai amor tá maluca? – Ele exclamou a meio de um resmungo enquanto passava a mão na parte de trás da cabeça.

Levantei da minha posição e cruzei os braços debaixo do meu peito cheio enquanto batendo o pé no chão. Ele esfregou o rosto e levantou mostrando sua irritação enquanto olhava para mim.

- Agora será que você pode me dizer o porque de você tirar essa conclusão? – Olhei para ele mostrando minha irritação que estava explodindo.

Ele se remexeu desconfortavel tomando uma posição menos irritada e mais envergonhada. Respirei fundo e pulei em seu colo o deixando completamente confuso.

- Vanessa? – Ele pegou em mim mostrando sua confusão enquanto olhando para mim. – O que está dando em você? – Ri beijando levemente seu rosto e olhei profundamente em seus olhos.

- Eu estou gravida.

*****************************************************************
TERMINOU!
;'( capitulo final da nossa historia!
Espero que tenham gostado de ler tanto como eu gostei de escrever essa fic!
Não terá mais capitulo para essa historia ok?
Então corram que decidi estrear a nova historia hoje!
Beijos e até amanhã!

4 comentários:

  1. Ai, choro. Final perfeito, mas ainda queria mais da fic. Pena que acabou, mas é bom também já que começas-te outra fic. Amei esse final, foi digno.
    Xx

    ResponderEliminar
  2. como assim tu encerra a fic assim????
    quer me deixar careca aqui??? eu aqui doida pra saber a reação do Zac :/
    faz mais um biepílogo(isso existe???),kkkk
    amei a história,foi incrível

    ResponderEliminar
  3. Foi incrível a história. Amei demais a ficção.
    Está de parabéns como sempre!

    ResponderEliminar
  4. Amei amei amei o epílogo.
    É uma pena que a história tenha chegado ao fim.
    A fic foi simplesmente perfeita.

    ResponderEliminar